Que el video es una necesidad en la empresa de hoy es algo que no hace falta decirlo, pero ¿tienes una estrategia de video-marketing correctamente enfocada?¿Generas contenidos en video con la suficiente frecuencia?¿No sabes cómo sacar ideas para nuevos videos? Hoy quiero compartir contigo las directrices que debes seguir para empezar a crear tu propia estrategia de video-marketing para conseguir resultados, y dado que YouTube es el principal canal para ello me centraré en ella.
Uma das grandes tendências do empreendedorismo e do marketing atualmente é o Marketing de Conteúdo em Vídeo. Aqui, não estamos falando dos formatos tradicionais de produção audiovisual, como Vídeos Institucionais, Vídeos Explicativos ou propagandas de TV, mas conteúdo sobre o seu negócio ou que interessa seu público, para gerar presença na rede, percepção de autoridade e aumento nas vendas.
Un recorrido por la publicidad contemporánea en un lenguaje ameno, singularmente ilustrado y apto para todos los públicos más allá del lector especializado. Un texto que logra mostrar el mundo de la publicidad a través de conceptos argumentados con claridad y sencillez. Agustín Medina pretende acercar al lector novel al complejo sector publicitario con esta obra que goza de plena actualidad y adornada con unos tintes históricos que le añaden valor.
Outro detalhe interessante é que o conteúdo criado em vídeo tem mais chance de ser lembrado. Algo em torno de 70% quando comparado a materiais escritos. Por isso, pensar na criação de conteúdo em vídeo é algo vital para quem pretende melhorar sua forma de chegar a um novo público novo. Ou ainda de reforçar sua comunicação com pessoas que já conhecem a empresa e seus serviços.

Por primera vez, esta guía innovadora descubre los secretos utilizados por Amazon, Virgin, Apple, Starbucks y salesforce.com. Una guía basada en 3 años de estudio científico analizando más de 100 empresas para identificar siete factores clave. Siete componentes de una estrategia que, implementados en su conjunto, logran impulsar el rendimiento empresarial a un nivel superior.
O ambiente virtual já é um lugar de extrema disputa e conta com um público ávido por conhecimento, informação e entretenimento. Tendo isso como pressuposto, invista em estratégias de marketing, se especialize em contar uma boa história e, principalmente, produzir vídeos bem acabados. Se acaso sua empresa não possuir musculatura para tal façanha, procure uma empresa especializada no assunto.
Hola Víctor, te saludo desde Paraguay. Un gusto estar siguiendo tu blog, desde hace poquito que lo conozco, pero me ha aportado excelente información, siempre muy completa. Quisiera consultarte si están disponibles fuentes de acceso público de las estadísticas de marketing de contenido o algún sitio que me puedas recomendar. Gracias desde ya. Nuevamente, un saludo!

La otra gran verdad que rodea al marketing en este año y los venideros es la capacidad de medir casi todas las etapas de una estrategia, teniendo como tenemos cada vez más a la mano herramientas de análisis que nos lo permiten. El desafío para la empresa aquí ya no está en la propia implantación de esas herramientas, sino en saber qué hacer con esas métricas y cómo aprovechar esos datos para sacarle partido a la información.
Un recorrido por la publicidad contemporánea en un lenguaje ameno, singularmente ilustrado y apto para todos los públicos más allá del lector especializado. Un texto que logra mostrar el mundo de la publicidad a través de conceptos argumentados con claridad y sencillez. Agustín Medina pretende acercar al lector novel al complejo sector publicitario con esta obra que goza de plena actualidad y adornada con unos tintes históricos que le añaden valor.
Caso sua empresa se concentre em vídeos ou caso deseje apresentar seus produtos e serviços em vídeo, outra ideia a ser considerada é criar um nome de domínio complementar para hospedar seu conteúdo de vídeo. Algumas empresas, como as que estão em destaque neste link, utilizaram o nome de domínio .tv para estabelecer um canal centralizado em vídeo para seu conteúdo de vídeo. Outras registram e hospedam o conteúdo de vídeo na extensão .tv, ao mesmo tempo que o sincronizam com a página inicial .com.
O fato é que nem todos os tipos de pessoas se sentem confortáveis em abrir mão do senso de controle. Alguns visitantes preferem ter total controle da situação ao interagir com um site. É o tipo de pessoa que provavelmente irá preferir um conteúdo em texto,  tendo a liberdade de pular parágrafos que lhe interesse menos e reler passagens que lhe interesse mais, ditando assim o ritmo da interação com o conteúdo.
¿Qué es el marketing de contenidos? Bien, el marketing de contenidos es una estrategia de marketing online que consiste en crear y publicar contenidos que atraigan a tu potencial cliente generándole interés y aportándole un valor verdadero. Se basa en crear contenidos que hacen que tus compradores sean más inteligentes y que conectes incluso con ellos de forma emocional.
Nós entendemos: donos de empresas e executivos são muito ocupados. Como eles têm tempo para aparecer em todos esses vídeos de marketing? Para nós, a resposta é: eles arrumam tempo. Ao investir publicamente no conteúdo de sua marca, um executivo transmite a mensagem de que acredita nela e que não deixou o sucesso afetar seu caráter. É uma forma única de demonstrar autoridade no assunto, e o crescimento e a popularidade da Dollar Shave Club são indicativos de que isso funciona.
Es una fantástica recopilación que abarca muchos de los temas que los profesionales 2.0 desarrollamos, algunos libros ya los he leído pero también destacaría algunos que no están en la lista como el “Soical Media Manager” de Dolores Vela, “Trabaja con red” de Juan Merodio, “Marketing de Guerrilla” de Carlos Bravo y “De Twitter al cielo” de Oscar del Santo.
Marcos Facó - O problema de tudo isso é que causa uma angústia em conseguir acompanhar todo esse processo, ser atualizado e realizar as transformações que as ferramentas oferecem. Realmente a distância é maior entre as empresas, existem umas que ainda fazem manufatura, não tem rede social e site, mas ainda assim vende seus produtos. E ao mesmo tempo existem companhias, como Amazon, que estão em outro extremo tecnológico, tirando o máximo de uso disso. A realidade é mais elástica no sentido do tradicional e o inovador. Não existe uma regra. A percepção das empresas em termos de estratégia muda muito, até mesmo para um Facebook. Quando outra menor dá certo, ele compra. Microsoft comprou LinkedIn. Não dá para inovar sempre, então quando alguém inova, eles adquirem.
Víctor muy buen artículo. No puedo estar más de acuerdo contigo en todos los puntos de los que hablas. Me he topado muchas veces con esa afirmación rotunda de que el “marketing de contenidos no les funciona”, y que les supone un grandisimo esfuerzo mantener su Blog activo o vivo. ¿Pero qué tipo de contenidos estás redactando? ¿Todo el rato ofertas o promociones? ¡Eso no es marketing de contenidos oiga!
No contexto do video marketing, é importante também lembrar como o comportamento de compra das pessoas mudou ao longo dos anos. Compras por impulso, fruto de propagandas intrusivas, atualmente estão longe de ser a tendência. O público quer cada vez mais informação e conteúdo relevantes, por meio dos quais irá decidir se vai comprar algo ou não. Pense em todas as vezes em que, antes de efetuar uma compra, fez uma pesquisa na internet sobre o produto ou serviço no qual estava interessado, seja na sua vida pessoal ou na empresa. Esta é a nova realidade do mercado: consumidores mais inteligentes. Por isso a produção de conteúdo e técnicas de marketing, seja através de vídeo ou texto, vem suplantando a publicidade clássica do século XX.
Quando os profissionais de marketing perceberem que o seu próprio pessoal não tem suficiente influência sobre os clientes, eles procurarão ajuda fora da empresa para empurrar o ponteiro e gerar maiores resultados. Quando eles tiverem obtido bons resultados, os profissionais de marketing descobrirão que o marketing do influenciador é muito eficaz e, consequentemente, expandirá os seus orçamentos.
Os vídeos chegam mais perto, são compartilháveis, viralizam mais facilmente do que outros conteúdos, geram confiança, dão credibilidade e visibilidade, despertam o interesse, proporcionam um melhor posicionamento, aumentam a duração das visitas, aumentam as taxas de conversão, humanizam a empresa, incentivam a interação e estão começando a concorrer seriamente com televisão, já que cada vez mais, passamos muito tempo online e menos em frente à TV – até mesmo preferimos dispositivos móveis para ver séries e conteúdos.
Además, muchas empresas no analizan la rentabilidad de sus clientes existentes o la rentabilidad potencial de todo tipo de clientes nuevos. Como resultado, las empresas se tambalean de una base de clientes a otra nueva base de clientes y en el camino ello les supone perder algunos de sus clientes más valiosos. Fleming describe este fenómeno en Evergreen, a través de un paralelismo con los árboles, que pierden sus hojas cada otoño.
×