Professor Doutor E Livre Docente Pela Escola De Comunicações E Artes Da Universidade De São Paulo – ECA/USP E Da Universidade Presbiteriana Mackenzie; – Pesquisador Do Centro De Estudos De Avaliação E Mensuração Em Comunicação E Marketing – CEACOM-ECA/USP; -Professor Do Curso De Especialização Em Gestão De Comunicação E Marketing Do CEACOM Da ECA/USP, Onde Ministra A Disciplina De Gestão De Inovação.
Hola Mario, gracias por comentar. El Storytelling de Guber creo que lo publicó Empresa Activa hace unos tres o cuatro añitos si no me equivoco, dentro de su colección “Gestión del Conocimiento” que es muy recomendable casi completa. Este artículo quiere recoger sobre todo los libros que han sido publicados este año concretamente. Respecto a Seth Godin, este año sacó un libro muy diferente estéticamente a sus libros anteriores, muy potente visualmente, pero que va un poco en el tono motivador de sus últimos libros y quizá ese perfil se escapaba un poco de la temática de este artículo.
Marcos Facó - Cria uma dificuldade para as empresas anunciarem no formato tradicional. O que as empresas devem fazer é utilizar o conteúdo como propaganda. Um tema relevante associado a uma marca. A FGV fala, por exemplo, de Bitcoim e esse tema nos mostra capacitado para abordar essa temática. A Nike tem um case de desafio: preparar os atletas para quebrar a marca de duas horas em uma maratona. Conseguiram fazer com que um atleta fizesse em uma hora e dois minutos, não quebraram a marca, mas geraram buzz e anunciaram o novo tênis - que no caso foi utilizado pelo atleta.
×