Além da recepção de alta qualidade por parte da audiência, há inúmeras estatísitcas que mostram que vídeos trazem melhorias no SEO, aumentam o tráfego, disparam as interações em redes sociais, emergem como formato preferencial para mobile e multiplicam as vendas. Não é à toa que 93% dos profissionais de marketing nos EUA já usam vídeos em suas campanhas, principalmente para aumento da conversão no website, otimização nas posições de busca, uso no email marketing e nas vendas. Mas, afinal, o que de fato é video marketing? Vamos adiante!

¡Cuidado! De nada sirve guionar a los entrevistados porque se notará en la versión final. Es fundamental que ellos hablen libremente para que el video sea verosímil. Unas cuantas preguntas pensadas con antelación bastan como puntapié para que el cliente pueda contar su opinión. Luego se puede editar para lograr una estructura narrativa que primero plantee cuál era el problema inicial y luego cómo el producto o servicio los ayudó en esa situación.
Os vídeos são materiais que estão dominando o mundo digital. De sites de notícias e entretenimento às redes sociais, eles estão ocupando um espaço cada vez maior e que consequentemente, todos têm assistido e compartilhado mais conteúdo nesse formato. Não é à toa que eles são a maior aposta em Marketing de Conteúdo para 2018. Isso se deve ao fato deles ajudarem a aumentar o engajamento de uma marca e permitir uma publicidade diferenciada às gerações Millennial e Z.
Visión Cliente aporta una interesante óptica sobre cómo generar más beneficios con la ayuda de los clientes, el verdadero gran potencial de desarrollo futuro de cualquier empresa. Desde una valoración externa enriquecedora, la creación de nuevos productos y servicios más relevantes, una comunicación personalizada, una entrega de lo que los clientes necesitan y desean realmente, y un cultivo de la relación que hace que se convierta en una marca referida por encima de guerras de precio, este libro demuestra que una visión empresarial enfocada en los clientes es la fórmula de éxito garantizado.
-Aprovechar las palabras clave para destacarse de la competencia. No basta con utilizar términos sencillos y comunes como “Apple”, “iPhone”, “Android” o “Marketing”. Por el contrario, debe explotarse al máximo el poder de palabras clave combinadas que aborden un tema específico, como “mejores Apps Android 2017”, “10 rumores iPhone” o “Tendencias Marketing Digital Mayo”, entre muchos otros ejemplos.
Básicamente se trata de decidir si la web se dirige al mercado nacional o al internacional. El negocio online suele centrarse primero en el mercado nacional. El hecho de que nuestra web pueda estar visible en gran parte del mundo no conlleva que estemos preparados para competir internacionalmente. Igual que en el negocio offline, si no so­mos capaces de competir en nuestro mercado es difícil dar el salto a otros que aunque parezcan cercanos «virtualmente», en realidad tienen las mismas barreras idiomáticas, culturales, logísticas, legales, etc., que las que existen en el mundo «real».
Marcos Facó - O vídeo hoje é o carro-chefe. É preciso se atentar a algumas questões que são os três "S" e um "V". O primeiro é Short - o Millennial não quer coisas longas, o conteúdp precisa ser curto e dinâmico. O segundo é Simple - uma apresentação simples, sem complexidades. É preciso fazer a leitura para as pessoas, como é o caso do Bitcoim. Não é contar o que é e sim como funciona. O terceiro é Social - o seu conteúdo precisa ser social e compartilhável. Precisa ter um pingo de viralização. O outro ponto é Visual - um apelo visual para que a pessoa se interesse por ele. O SSSV é a tendência e recomendação para quem quer trabalhar com estratégia em vídeo.
Marcos Facó - Cria uma dificuldade para as empresas anunciarem no formato tradicional. O que as empresas devem fazer é utilizar o conteúdo como propaganda. Um tema relevante associado a uma marca. A FGV fala, por exemplo, de Bitcoim e esse tema nos mostra capacitado para abordar essa temática. A Nike tem um case de desafio: preparar os atletas para quebrar a marca de duas horas em uma maratona. Conseguiram fazer com que um atleta fizesse em uma hora e dois minutos, não quebraram a marca, mas geraram buzz e anunciaram o novo tênis - que no caso foi utilizado pelo atleta.
×