Marcos Facó - O problema de tudo isso é que causa uma angústia em conseguir acompanhar todo esse processo, ser atualizado e realizar as transformações que as ferramentas oferecem. Realmente a distância é maior entre as empresas, existem umas que ainda fazem manufatura, não tem rede social e site, mas ainda assim vende seus produtos. E ao mesmo tempo existem companhias, como Amazon, que estão em outro extremo tecnológico, tirando o máximo de uso disso. A realidade é mais elástica no sentido do tradicional e o inovador. Não existe uma regra. A percepção das empresas em termos de estratégia muda muito, até mesmo para um Facebook. Quando outra menor dá certo, ele compra. Microsoft comprou LinkedIn. Não dá para inovar sempre, então quando alguém inova, eles adquirem.
As redes sociais ocupam uma grande parcela da internet. Muitos usuários consomem notícias e conteúdos através de posts. Vídeos compartilhados em plataformas como Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube, entre outras, de muito se diferenciam do video marketing. Estamos diante de uma nova era, a era do Social Video Marketing. Vídeos pensados para as redes sociais, seja no seu formato, duração, tema e abordagem, ganham muito mais destaque.

Marcar objetivos que queremos conseguir generando y publicando estos contenidos. Generar leads, generar tráfico hacia nuestra web, crear marca, conseguir nuevos clientes, generar nuevas ventas, fidelizar a nuestros clientes aportándoles material de interés y de valor o incluso intentar ganar autoridad en nuestro mercado son sólo algunos ejemplos de los objetivos que podemos marcarnos con el marketing de contenidos. Debemos tener claro para que sirve el contenido que estamos creando.
Kerns se sumerge en los datos de más de 100 de las mejores marcas en Twitter (incluyendo Disney, MTV, Starbucks, Coca-Cola, BMW, JC Penney, Nike, Sony o IKEA) para descubrir patrones de comercialización en tiempo real a través de grandes eventos mundiales, pequeños momentos de la cultura pop, noticias de última hora y las tendencias diarias vía hashtags.  ¿Qué le funciona a las marcas que hacen el marketing en tiempo real y qué se debe evitar? ¿Cómo se mide el rendimiento de su estrategia social en tiempo real?
Además,á el tipo de talento que buscan las empresas está cambiando. En el análisis de Moz and Fractl se concluye que los responsables de marketing buscan empleados con habilidades tanto técnicas como creativas. Y la rápida demanda de estos perfiles ha causado una brecha que hace difícil encontrar candidatos con conocimientos técnicos, creativos y empresariales para lograr el éxito.
Em primeiro lugar, vamos definir o que qualifica um conteúdo gerado por um usuário, por que alguns profissionais de marketing ainda não tentaram esta estratégia. Basicamente, é o conteúdo criado pela sua audiência. Ele pode incluir qualquer coisa, desde revisões, a mídia social, a testemunhos, a blog posts. Mas, como podem as marcas encorajar a criação deste tipo de conteúdo? Veja algumas ideias:
O marketing digital oferece ferramentas, baseadas em tecnologia, para fazer com que as empresas e prestadores de serviço consigam divulgar seus produtos, se tornarem mais relevantes e, claro, vender muito mais. Mas como o marketing digital já está ficando cada vez mais consolidado e, por outro lado, as mudanças digitais não param, até mesmo as agências especializadas precisam saber como inovar nos serviços de marketing digital para não ficarem para trás e perderem clientes. Cada vez mais é importante oferecer mais valor nos serviços de marketing para, não só atrair novos clientes, mas reter aqueles que sua agência já tem.
Además, muchas empresas no analizan la rentabilidad de sus clientes existentes o la rentabilidad potencial de todo tipo de clientes nuevos. Como resultado, las empresas se tambalean de una base de clientes a otra nueva base de clientes y en el camino ello les supone perder algunos de sus clientes más valiosos. Fleming describe este fenómeno en Evergreen, a través de un paralelismo con los árboles, que pierden sus hojas cada otoño.
Como já dito nesse artigo, o YouTube é hoje a plataforma de vídeos mais acessada do mundo, com mais de 1 bilhão de usuários todos os meses. Não é à toa que as grandes empresas do mercado brasileiro, e de outros países, vêm investindo fortemente na estratégia audiovisual, pois o vídeo marketing é, atualmente, nada mais, nada menos, que a forma mais eficiente de fazer Marketing de Conteúdo. Além disso, com as ferramentas do YouTube, também é possível fazer anúncios pagos, que podem ser segmentados e aparecem justamente para os usuários que têm maior chance de comprar na sua empresa.

O vídeo é o método mais eficaz para comunicar. As informações distribuídas por audiovisual são processadas 60 mil vezes mais rápido pelo nosso cérebro do que aquelas contidas em textos. Um estudo divulgado pela produtora de vídeos Wyzowl mostrou que as pessoas lembram de 80% do que assistem, e apenas 20% do que leem. A Accenture afirma que o Brasil ocupa a segunda posição no mundo com o maior número de visualização de vídeos por pessoa.   
El Marketing de Atracción también llamado Inbound Marketing es una técnica de mercadeo que tiene como propósito para atraer a clientes potenciales (prospectos) a través de información de su interés utilizando diferentes formatos de contenido (artículos, videos, animaciones, infografías, ebooks, etc) en los canales de comunicación digital de la empresa (blog, redes sociales, boletines electrónicos, etc.). El Marketing de Atracción en lugar de centrarse directamente en la venta como hace el marketing más tradicional (conocido a veces como marketing de interrupción), se enfoca en proveer información al potencial consumidor, de forma que éste tome a dicha empresa por una experta en el tema.

Há uma pesquisa que mostra que o smartphone irá virar um implante, na pele, carregaremos esse wearable e ele será projetado. A questão do áudio é que ainda está sendo estudada. O Google Glass é um exemplo de como as transformações estão em andamento. Haverá cada vez mais mudanças no consumo de vídeo e elas estão ocorrendo muito rapidamente, de modo que não temos nenhuma estratégia. É testar enquanto ela está em desenvolvimento.


Marcos Facó - Cria uma dificuldade para as empresas anunciarem no formato tradicional. O que as empresas devem fazer é utilizar o conteúdo como propaganda. Um tema relevante associado a uma marca. A FGV fala, por exemplo, de Bitcoim e esse tema nos mostra capacitado para abordar essa temática. A Nike tem um case de desafio: preparar os atletas para quebrar a marca de duas horas em uma maratona. Conseguiram fazer com que um atleta fizesse em uma hora e dois minutos, não quebraram a marca, mas geraram buzz e anunciaram o novo tênis - que no caso foi utilizado pelo atleta.
×