Veja outro vídeo na categoria: “é velho, mas funciona”. Este vídeo de marketing está na categoria do setor de B2B para anunciar os serviços de armazenamento de dados da IBM. Mas, da mesma maneira que aconteceu com a Dollar Shave Club, marca de B2C, o exemplo abaixo também é o vídeo mais popular da empresa no YouTube, com mais de 6 milhões de exibições.

Marcos Facó - Cria uma dificuldade para as empresas anunciarem no formato tradicional. O que as empresas devem fazer é utilizar o conteúdo como propaganda. Um tema relevante associado a uma marca. A FGV fala, por exemplo, de Bitcoim e esse tema nos mostra capacitado para abordar essa temática. A Nike tem um case de desafio: preparar os atletas para quebrar a marca de duas horas em uma maratona. Conseguiram fazer com que um atleta fizesse em uma hora e dois minutos, não quebraram a marca, mas geraram buzz e anunciaram o novo tênis - que no caso foi utilizado pelo atleta.
Nós estamos falando de marketing de conteúdo, certo? E neste tipo de marketing o grande segredo é não ser invasivo como acontece no marketing tradicional, o outbound marketing. Neste caso os vídeos marketing são uma excelente alternativa para vender o seu produto, ou a sua marca, de maneira divertida e não invasiva para o seu cliente. Afinal, ele não estará sendo “interrompido” para assistir a uma propaganda, mas sim escolhendo assistir a sua propaganda.
Aqui entramos na área dos vídeos que viralizam, ou seja, divulgar um ou mais vídeos que, em si mesmos, serão a fonte de atração. Esta é uma estratégia altamente efetiva para criar reconhecimento e gerar tráfego. Trata-se de um vídeo ou um canal inteiro (no Youtube, por exemplo) que atrai audiência para a sua marca e viabiliza o incremento vertiginoso nas vendas. Nessa proposta os vídeos costumam entreter ou informar sobre temas adjacentes, ao invés de falar sobre os seus produtos e serviços propriamente ditos.
Hola victor , la verdad es cada dia me sorprendo mas por la calidad de tus artículos, gracias por tan buena información, creo además que no tardaras en terner un alumno para tu curso ( por cierto creo que te vere en alicante en 3.0 no ? ). Has puesto tres referencias de libros, pero no hay ninguna para los que no dominemos la lengua de Shakespeare ? Te lo agradecería un monton.

Acompanhamos em 2017 um aumento no uso de bloqueadores de anúncios, e, como tal, o marketing digital está procurando maneiras alternativas de alcançar os consumidores. O marketing através de um influenciador é uma forma eficaz de obter além dos bloqueadores de anúncios que rodam em diversos browsers, bem como uma maneira de atingir o público-alvo e bem relevante. Além disso, a publicidade com um influenciador pode ser muito mais poderosa do que anúncios pagos. Já que pesquisas afirmam que 90% dos consumidores confiam em recomendações de colegas, enquanto apenas 33% dos consumidores confiam em anúncios. 2018 vai ter mais o marketing trabalhando com micro-influenciadores. Estes serão influenciadores com uma audiência de 1,000-100,000 pessoas (em oposição a macro-influenciadores com uma audiência de cerca de 10 milhões de seguidores).


Marcos Facó - Cria uma dificuldade para as empresas anunciarem no formato tradicional. O que as empresas devem fazer é utilizar o conteúdo como propaganda. Um tema relevante associado a uma marca. A FGV fala, por exemplo, de Bitcoim e esse tema nos mostra capacitado para abordar essa temática. A Nike tem um case de desafio: preparar os atletas para quebrar a marca de duas horas em uma maratona. Conseguiram fazer com que um atleta fizesse em uma hora e dois minutos, não quebraram a marca, mas geraram buzz e anunciaram o novo tênis - que no caso foi utilizado pelo atleta.
×