Faça essa etapa conversando com seus clientes por meio das mídias sociais, e-mails e outras formas de comunicação já aplicadas e que lhe dão bom  feedback. Use perguntas certeiras e curtas para descobrir o que seu público-algo gostaria de saber sobre a sua marca. E não se esqueça de também fazer pesquisas sobre os que os já clientes falam sobre sua empresa na Internet. Solicite comentários e retornos ao final de suas publicações.
Aprenda a produzir vídeo facilmente com ferramentas gratuitas. Realize vídeos fantásticos, mesmo que seja um amador. Edite vídeos no seu smartphone ou tablet, Android ou iOS. Obtenha mais alcance no Facebook, YouTube e Redes Sociais. Escolha o equipamento certo, investindo apenas o essencial. Utilize soluções profissionais para resultados excecionais. Venda online os seus produtos ou serviços, com impacto. Descubra o poder do vídeo e storytelling nas marcas.
Há alguns elementos primordiais que devem ser observados antes de começar a trabalhar com audiovisual em sua estratégia de conteúdo. O primeiro deles é tempo de duração do material. Produza vídeos de, no máximo, dois minutos. O ideal é um minuto. A Wyzowl afirma que 50% dos consumidores afirmam que um minuto é o tempo que direcionam para assistir a um vídeo de Marketing de Conteúdo. São 33% os que afirmam que direcionam entre um minuto e dois; e 17% os que afirmam que não assistem vídeos que tenham duração de um minuto, pois consideram muito longos. A Wistia, plataforma profissional de hospedagem de vídeos, afirma que não há diferença significativa no envolvimento da audiência em vídeos que vão de 45 segundos a dois minutos.          
Un libro que aborda el Marketing de Relaciones como nuevo paradigma que requiere la utilización de los Medios Sociales para el desarrollo de estrategias y la consecución de objetivos. Recomendada para investigadores y estudiantes, esta obra se inspira una nueva filosofía que radica más perspectiva relacional que transaccional para gestionar las organizaciones empresariales.

Assim como qualquer conteúdo os vídeos devem estar alinhados com a estratégia de conteúdo da empresa e com uma jornada de compra bem definida. Ou seja, antes de trabalhar com um demonstrativo, com depoimentos ou cases de sucesso (conteúdos de fundo de funil) deve-se pensar em conteúdos de descoberta (topo de funil) e consideração (meio de funil). Isso ajuda com que o lead entenda melhor sobre a proposta da sua empresa e auxilia no fechamento da venda.
Ayer estuve en una jornada del CEEI de Elche sobre márketing digital, a cargo de Leonard Pera, autor del libro SOCIAL COMMERCE 100 CONSEJOS PARA VENDER EN INTERNET que va por la segunda edición. Fué una charla interesantísima sobre cómo hacer relevante en cada caso concreto toda la información de las redes, la importancia de la “escucha activa” y muchas cosas más. Me gustó su modo de dar la charla, sorprendentemente no usó soporte auriovisual para su exposición ;)…y para finalizar nos hizo una sugerencia: para vender online la honestidad es igual de importante que pen la venta física de un producto, si la base de nuestro negocio o producto no es buena estaremos siempre en peligro. Compraré el libro.
×