Como já dito nesse artigo, o YouTube é hoje a plataforma de vídeos mais acessada do mundo, com mais de 1 bilhão de usuários todos os meses. Não é à toa que as grandes empresas do mercado brasileiro, e de outros países, vêm investindo fortemente na estratégia audiovisual, pois o vídeo marketing é, atualmente, nada mais, nada menos, que a forma mais eficiente de fazer Marketing de Conteúdo. Além disso, com as ferramentas do YouTube, também é possível fazer anúncios pagos, que podem ser segmentados e aparecem justamente para os usuários que têm maior chance de comprar na sua empresa.

Veja outro vídeo na categoria: “é velho, mas funciona”. Este vídeo de marketing está na categoria do setor de B2B para anunciar os serviços de armazenamento de dados da IBM. Mas, da mesma maneira que aconteceu com a Dollar Shave Club, marca de B2C, o exemplo abaixo também é o vídeo mais popular da empresa no YouTube, com mais de 6 milhões de exibições.


Acompanhamos em 2017 um aumento no uso de bloqueadores de anúncios, e, como tal, o marketing digital está procurando maneiras alternativas de alcançar os consumidores. O marketing através de um influenciador é uma forma eficaz de obter além dos bloqueadores de anúncios que rodam em diversos browsers, bem como uma maneira de atingir o público-alvo e bem relevante. Além disso, a publicidade com um influenciador pode ser muito mais poderosa do que anúncios pagos. Já que pesquisas afirmam que 90% dos consumidores confiam em recomendações de colegas, enquanto apenas 33% dos consumidores confiam em anúncios. 2018 vai ter mais o marketing trabalhando com micro-influenciadores. Estes serão influenciadores com uma audiência de 1,000-100,000 pessoas (em oposição a macro-influenciadores com uma audiência de cerca de 10 milhões de seguidores).
Assim, sempre quando criar e divulgar um vídeo, foque suas energias em produzir um conteúdo que, realmente, interesse ao seu público. Uma boa dica é optar por assuntos com cunho emocional e que tragam razões para seu cliente querer compartilhá-lo. Lembre-se: o compartilhamento do seu vídeo nas mídias sociais deve seguir um plano parecido com a postagem dos conteúdos do seu blog e site. Alinhamento é essencial!
Comprovando a importância de uma estratégia com vídeos, em 2015 o Facebook fez uma atualização no seu algoritmo para priorizar a exibição de vídeos em sua timeline como estratégia para competir com o YouTube e já no mesmo ano o Facebook anunciou a marca de 8 bilhões de visualizações diárias de vídeos em sua plataforma, o que superava o número de apresentação do YouTube.
Ahora, más que nunca, nuestra escritura habla por nosotros, dice a nuestros clientes qué somos. Esto implica la necesidad de aprender a elegir bien las palabras, escribir con economía, estilo y empatía. Estas lecciones y reglas se aplican a través de todos sus activos online como páginas web, landing pages, blogs, correo electrónico y, desde luego, en las Redes Sociales. Ann Handleyofrece un enfoque práctico para crear un contenido atractivo y competente, con técnicas que van desde la gramática hasta el copywriting.
Según la Academia de Creadores de YouTube, conectar con la audiencia y apostar a que el contenido pueda ser compartido con facilidad son puntos centrales en ese desafío. El marketing de contenidos es una excelente alternativa para llegar a la audiencia. Si los anuncios crean tanta implicación como el contenido, los usuarios deciden quedarse y verlos. Y el humor ha demostrado ser un “gancho” efectivo a la hora de decidir -o no- mirar un video completo3.
Mais recentemente o LinkedIn começou a apostar também nesse formato, testando ferramentas para lançar aos usuários. Por enquanto a novidade está restrita apenas para alguns usuários, entre os quais Google, Embraer, BRF, IBM, TOTVS, SAS e LENOVO. "Os vídeos trarão mais relevância à rede, porque é o tipo de conteúdo mais acessível. Ele é mais do que audiovisual, porque não necessariamente precisa de som - uma legenda é suficiente. Em outras redes esse tipo de publicação pode se tornar efêmera, mas neste caso teremos o oposto: algo útil e relevante pro dia a dia dos profissionais", conta Marcos Facó, diretor de Comunicação e Marketing da FGV, em entrevista ao Mundo do Marketing.
Kerns se sumerge en los datos de más de 100 de las mejores marcas en Twitter (incluyendo Disney, MTV, Starbucks, Coca-Cola, BMW, JC Penney, Nike, Sony o IKEA) para descubrir patrones de comercialización en tiempo real a través de grandes eventos mundiales, pequeños momentos de la cultura pop, noticias de última hora y las tendencias diarias vía hashtags.  ¿Qué le funciona a las marcas que hacen el marketing en tiempo real y qué se debe evitar? ¿Cómo se mide el rendimiento de su estrategia social en tiempo real?
Pensar en la agenda. Fechas especiales, efemérides, grandes eventos y todo lo que afecte a los hábitos de búsqueda puede convertirse en una oportunidad. Al aprovechar el interés por un tema que atrae la atención de los usuarios y ofrecer contenidos relacionados, es posible llegar a nuevos clientes y dejar una excelente impresión si se utiliza la dosis justa de información y entretenimiento. A unas semanas de los Latin Grammy, la empresa T-Mobile lanzó un video junto a Ariana Grande, estrella pop premiada como mejor artista del año, promocionando su plan de datos ilimitados para escuchar música sin interrupciones.
Marcos Facó - O vídeo hoje é o carro-chefe. É preciso se atentar a algumas questões que são os três "S" e um "V". O primeiro é Short - o Millennial não quer coisas longas, o conteúdp precisa ser curto e dinâmico. O segundo é Simple - uma apresentação simples, sem complexidades. É preciso fazer a leitura para as pessoas, como é o caso do Bitcoim. Não é contar o que é e sim como funciona. O terceiro é Social - o seu conteúdo precisa ser social e compartilhável. Precisa ter um pingo de viralização. O outro ponto é Visual - um apelo visual para que a pessoa se interesse por ele. O SSSV é a tendência e recomendação para quem quer trabalhar com estratégia em vídeo.
×