Uma das grandes tendências do empreendedorismo e do marketing atualmente é o Marketing de Conteúdo em Vídeo. Aqui, não estamos falando dos formatos tradicionais de produção audiovisual, como Vídeos Institucionais, Vídeos Explicativos ou propagandas de TV, mas conteúdo sobre o seu negócio ou que interessa seu público, para gerar presença na rede, percepção de autoridade e aumento nas vendas.
O YouTube é a terceira página mais visitada no mundo, mas você sabia que a segunda é o Facebook, e que esta plataforma recompensa as  empresas que compartilham vídeos nativos a partir da própria rede social? O mesmo acontece com outras redes como o Twitter com a ferramenta Periscope, Instagram com as Instagram Stories ou o Snapchat, só pra citar alguns exemplos.
Si lo que buscas es explicar una parte específica de un producto o servicio, este es el tipo de vídeo que has de usar. Se trata de romper el vídeo en pequeños trocitos de unos 20-60 segundos de duración. Un ejemplo de lo más sencillo y donde te demuestra en pocos segundos lo fácil que es acceder a una plataforma de compra de descuentos, es Groupon. Va directo y al grano. Inicia su vídeo con una propuesta de valor, para a continuación sin que apenas te des cuenta, te vuelque en una llamada de atención a que actúes y compres en su web, porque además de ser fácil, disfrutarás de los mejores descuentos.
Sou Sócio-fundador do Profissional de E-commerce. De jan/2018 a jan/2019, liderei os times de Branding (Content Marketing, PR, Social Media e Branding), Product Marketing, área de cursos da Foxbit, fintech de criptomoedas e o projeto e primeiro ano de atuação do Cointimes. Entre ago/2016 e set/2017 atuei como head da área de Marketing da Ebit, empresa Buscapé Company, hoje Nielsen, referência em informações, certificação de lojas e inteligência de e-commerce. Entre 2012 e 2016, participei ativamente da estruturação da startup Universidade Buscapé Company, entrei na coordenação de treinamentos de E-commerce e Marketing Digital. Lá assumi também a coordenação de Marketing Digital e Conteúdo da Uni Buscapé e do Profissional de E-commerce. Desde 2013, ministro aulas de Marketing de Conteúdo para E-commerce na Faculdade Impacta e em algumas empresas de internet no formato workshop. Você pode encontrar mais informações em meu perfil do LinkedIn ou marcando um café! ;)
Sabe aquelas campanhas em massa que buscam atingir o máximo de pessoas possíveis com uma única mensagem? Hoje elas já perderam grande parte do seu valor. Além da era da informação, estamos também na era da personalização. Cada vez mais, as mensagens de massa não são mais suficientes para atingir o público, que é bombardeado de informações vindas de todas as direções diariamente.

De acordo com o Dictionary.com, viralizar significa tornar-se “muito popular devido à circulação rápida entre as pessoas, especialmente pela Internet”. Quando bem executada, essa capacidade de viralizar pode durar um bom tempo. De fato, não sei você, mas uma das minhas maneiras favoritas de me lembrar da infância é perguntar aos colegas: “lembra daquele jingle?”.  

De acordo com o Dictionary.com, viralizar significa tornar-se “muito popular devido à circulação rápida entre as pessoas, especialmente pela Internet”. Quando bem executada, essa capacidade de viralizar pode durar um bom tempo. De fato, não sei você, mas uma das minhas maneiras favoritas de me lembrar da infância é perguntar aos colegas: “lembra daquele jingle?”. 
Muitos profissionais prestadores de serviços, especialmente os da área de cuidados e bem-estar, não percebem que serviços também são produtos, mercadorias à venda no Mercado. O que quero dizer é: O serviço que você presta de cuidador de idosos ou crianças, é um produto, uma mercadoria no mercado de serviços - assim como perfumes da Natura são produtos.
Antes mesmo de começar as gravações do vídeo, é preciso que você responda a questões importantes, como: o que quero dizer aos meus clientes com esse vídeo? Quais são os resultados que espero ter com esse material? Como o usuário entenderá esse vídeo? Embora pareça algo simples, responder a essas perguntas é essencial para elaborar um bom roteiro para os vídeos de divulgação da empresa, pois é preciso ter planejamento e utilizar estratégias para saber como fazer um vídeo perfeito. O roteiro nada mais é do que colocar no papel a forma como os vídeos devem ser gravados do início ao fim. Cada imagem, texto, narrador, animação, entre outros elementos possíveis, devem estar disponíveis no roteiro.
Antes de comenzar el desarrollo de una web, la empresa tiene que reflexionar sobre el modelo de negocio online que pretende gestionar en Internet. La estrategia digital consiste en desarrollar una web adaptada a los objetivos que se quieren conseguir, el tipo de usuario al que se quiere llegar y los mercados que la empresa tiene intención de abordar.
Nesta busca constante por exemplos interessantes estava perdendo um que estava ao meu lado o tempo todo. Explico: como um verdadeiro “ritual” para as aulas, encontrei um item que me ajuda a sentir-se mais seguro, minutos antes do início, bebo uma latinha de Red Bull. Com mais energia e bem disposto, entendo que o discurso fica mais interessante e a performance melhora. Não tenho a noção exata que faz de fato diferença, mas se tornou quase uma superstição.

Además, el lenguaje se posicionará de forma única en el 2018, ya que es un pilar de la Inteligencia Artificial y es el diferenciador en el marketing digital. ¿Por qué? Por dos temas: el “social intelligence”; que implica la necesidad de contenidos de calidad en plataformas sociales, web y móvil; y el lenguaje, su geolocalización y la trasncreación del contenido.
É uma das principais referências em empreendedorismo no país. Já apoiou mais de 10 mil startups nos últimos 20 anos. As iniciativas de apoio a empreendimentos que fundou ou dirigiu geraram mais de R$ 600 milhões em investimentos. É fundador da Startup Farm e foi diretor do programa Start-Up Brasil, no Governo Federal. É colunista do jornal Estadão e da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios e autor do livro 10 Mil Startups.

Acompanhamos em 2017 um aumento no uso de bloqueadores de anúncios, e, como tal, o marketing digital está procurando maneiras alternativas de alcançar os consumidores. O marketing através de um influenciador é uma forma eficaz de obter além dos bloqueadores de anúncios que rodam em diversos browsers, bem como uma maneira de atingir o público-alvo e bem relevante. Além disso, a publicidade com um influenciador pode ser muito mais poderosa do que anúncios pagos. Já que pesquisas afirmam que 90% dos consumidores confiam em recomendações de colegas, enquanto apenas 33% dos consumidores confiam em anúncios. 2018 vai ter mais o marketing trabalhando com micro-influenciadores. Estes serão influenciadores com uma audiência de 1,000-100,000 pessoas (em oposição a macro-influenciadores com uma audiência de cerca de 10 milhões de seguidores).

×