Marcos Facó - Cria uma dificuldade para as empresas anunciarem no formato tradicional. O que as empresas devem fazer é utilizar o conteúdo como propaganda. Um tema relevante associado a uma marca. A FGV fala, por exemplo, de Bitcoim e esse tema nos mostra capacitado para abordar essa temática. A Nike tem um case de desafio: preparar os atletas para quebrar a marca de duas horas em uma maratona. Conseguiram fazer com que um atleta fizesse em uma hora e dois minutos, não quebraram a marca, mas geraram buzz e anunciaram o novo tênis - que no caso foi utilizado pelo atleta.
Los consumidores ya optan por tecnologías multipantalla, al tiempo que se mueven naturalmente entre diversas plataformas. Los contenidos audiovisuales son cada vez más populares y, para las marcas, representan una oportunidad de establecer una conversación diferenciada con usuarios interesados. De hecho, 2 de cada 3 de los millennials miran videos online desde distintas plataformas. En este contexto, las empresas pueden considerar estas ideas y herramientas para mejorar su posicionamiento en YouTube y fortalecer el vínculo con sus audiencias.
Andalucía, escaparate del nuevo bloque que va desde el centro a la extrema derecha y aspira a exportar el modelo a otros territorios, empieza a deparar sorpresas. Para su primer movimiento del año, Vox ha elegido uno de los temas estrella de su campaña andaluza: las leyes contra la violencia de género, que aspira a abolir. El partido de extrema derecha ya ha utilizado este asunto para cargar contra PP y Cs, a los que acusa de moverse en el "marco ideológico" de la izquierda y ceñirse el corsé de lo "políticamente correcto". Y este miércoles, apenas unos días después de que Pablo Casado y Albert Rivera sellaran un pacto para acabar con el Gobierno de Susana Díaz, Vox ha vuelto a la carga con ese asunto, que entreabre la primera grieta en la alianza de “las derechas”, según la define el Gobierno.
3 desafíos del marketing digital para el 2018 El 2018 será un año relevante para el marketing digital, ya que el avance tecnológico ha mostrado durante este 2017 una marcada tendencia en los diferentes nichos de mercado; que ha hecho que las marcas y clientes tengan que ir de la mano de estos adelantos para crear estrategias digitales que sean efectivas y diferenciadoras. En pocas palabras, las tendencias del 2018 vienen marcadas por las novedades...
Paulistano e CEO da Post Digital, empresa que fundou no inicio de 2010, com a idéia principal de desenvolver projetos digitais estratégicos e focados em resultado (conversões). Trabalha profissionalmente com internet desde a época da bolha, já desenvolveu mais de 300 projetos sob medida, é certificado Google para rede de pesquisa, rede de display e analytics e é especialista em SEO.
A su vez, el encabezado de la portada de YouTube permite exhibir anuncios por 24 horas. En México, en una campaña de la firma Telefónica-Movistar se echó mano de esta herramienta, denominada Homepage Masthead. Para las marcas que conquistan la plataforma, se trata de una experiencia tan intensa como única. En el caso de Land Rover se utilizó esta herramienta para promocionar un nuevo modelo y, en un día, llegó a 23 millones de usuarios9.

Vamos pensar em alguns dos anúncios que nos despertam emoções, por exemplo, o anúncio da Budweiser “Puppy Love” para o Super Bowl de 2014 que, em janeiro de 2016, a Inc. chamou de “o anúncio do Super Bowl mais popular de todos os tempos”. Eles são populares e as pessoas continuam falando sobre eles muito tempo depois de serem exibidos pela primeira vez. Isso ocorre porque despertam empatia, o que pode influenciar bastante as decisões de compra, especialmente quando há uma história envolvida.

O marketing de conteúdo é altamente eficaz, mas a realidade é que os clientes estão diante de uma sobrecarga de conteúdo. Mais de 400 horas de vídeo são carregadas no YouTube por minuto, 10 bilhões de visualizações são postadas diariamente no Snapchat e mais de 8 bilhões de visualizações de vídeos por dia são feitas no Facebook. O conteúdo gerado pelos usuários não apenas o ajuda a se destacar no meio da confusão, como também é impactante. Verifique algumas rápidas estatísticas:
Além de conhecer o seu público-alvo, o incentivo ao compartilhamento também é uma ótima forma de fomentar sua estratégia de marketing de conteúdo com vídeos. Afinal, aquele internauta que compartilha um vídeo produzido pela sua empresa é uma pessoa que acredita que o conteúdo em questão pode ser útil para seus próximos. Isso é muito valioso e viral!
Além de servirem como um ótimo canal de interação com o público, vídeos de treinamento também são extremamente úteis para se comunicar internamente com a sua empresa, oferecendo treinamento e dicas para os seus funcionários. Portanto, saber como fazer vídeo marketing de treinamento é de extrema importância em várias etapas da sua cadeia produtiva/venda.

Es que YouTube es una plataforma muy particular: ocupa el segundo lugar entre los sitios más visitados del mundo, con casi un tercio de los internautas a nivel global que miran todo tipo de contenido. Llega a reproducir la enorme cantidad de 3,25 mil millones de horas de video al mes1. Sólo en 2015, la cantidad de gente que miró videos en YouTube2 se duplicó y 6 de cada 10 personas ya prefieren los videos online.
Marcar objetivos que queremos conseguir generando y publicando estos contenidos. Generar leads, generar tráfico hacia nuestra web, crear marca, conseguir nuevos clientes, generar nuevas ventas, fidelizar a nuestros clientes aportándoles material de interés y de valor o incluso intentar ganar autoridad en nuestro mercado son sólo algunos ejemplos de los objetivos que podemos marcarnos con el marketing de contenidos. Debemos tener claro para que sirve el contenido que estamos creando.
Definir claramente a quién queremos llegar, quién es nuestro cliente potencial y nuestro cliente ideal. Esta es una de las partes más importantes ya que deberemos perfilar muy claramente qué tipo de perfil queremos atraer con los contenidos que vamos a generar. Definir tus buyer persona o avatares hará que el contenido que generas case perfectamente con ellos.
As redes sociais ocupam uma grande parcela da internet. Muitos usuários consomem notícias e conteúdos através de posts. Vídeos compartilhados em plataformas como Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube, entre outras, de muito se diferenciam do video marketing. Estamos diante de uma nova era, a era do Social Video Marketing. Vídeos pensados para as redes sociais, seja no seu formato, duração, tema e abordagem, ganham muito mais destaque.
Aqui entramos na área dos vídeos que viralizam, ou seja, divulgar um ou mais vídeos que, em si mesmos, serão a fonte de atração. Esta é uma estratégia altamente efetiva para criar reconhecimento e gerar tráfego. Trata-se de um vídeo ou um canal inteiro (no Youtube, por exemplo) que atrai audiência para a sua marca e viabiliza o incremento vertiginoso nas vendas. Nessa proposta os vídeos costumam entreter ou informar sobre temas adjacentes, ao invés de falar sobre os seus produtos e serviços propriamente ditos.
¿Qué tienen que ver la felicidad, el propósito de vida y la responsabilidad personal con la gestión de una empresa o de una marca? A esta pregunta, entre otras, intenta responder este libro que habla del amor, la entelequia o la felicidad como factores necesarios en la gestión de una empresa que pretenda asegurarse un lugar en el contexto actual. Marcas que aman, marcas que inspiran, porque a fin de cuentas las marcas son las personas.
No contexto do video marketing, é importante também lembrar como o comportamento de compra das pessoas mudou ao longo dos anos. Compras por impulso, fruto de propagandas intrusivas, atualmente estão longe de ser a tendência. O público quer cada vez mais informação e conteúdo relevantes, por meio dos quais irá decidir se vai comprar algo ou não. Pense em todas as vezes em que, antes de efetuar uma compra, fez uma pesquisa na internet sobre o produto ou serviço no qual estava interessado, seja na sua vida pessoal ou na empresa. Esta é a nova realidade do mercado: consumidores mais inteligentes. Por isso a produção de conteúdo e técnicas de marketing, seja através de vídeo ou texto, vem suplantando a publicidade clássica do século XX.
Periódico – Como o nome já diz são vídeos que feitos periodicamente, ou seja, semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente. Eles agregam muito a marca e trazem uma abordagem mais voltada ao marketing de conteúdo. Essa prática já é comum nos estados unidos, mas aqui ainda é recente, contudo já tem apresentado grandes resultados para as empresas que utilizam.
Se você preparou um bom roteiro, então não há segredos. Posicione os equipamentos de forma adequada para obter as melhores imagens e áudio de qualidade e siga a linha narrativa que está especificada no planejamento do vídeo. Além disso, não se esqueça de fazer testes antes de começar a gravar os vídeos e veja se as imagens estão nítidas, se a iluminação tem qualidade e se os áudios podem ser ouvidos com facilidade. Também lembre-se de prestar atenção no tripé, que precisa ser posicionado de maneira correta para que as imagens não fiquem tortas. Depois de ter esses cuidados, é o momento de botar a mão na massa!
Marcos Facó - O vídeo hoje é o carro-chefe. É preciso se atentar a algumas questões que são os três "S" e um "V". O primeiro é Short - o Millennial não quer coisas longas, o conteúdp precisa ser curto e dinâmico. O segundo é Simple - uma apresentação simples, sem complexidades. É preciso fazer a leitura para as pessoas, como é o caso do Bitcoim. Não é contar o que é e sim como funciona. O terceiro é Social - o seu conteúdo precisa ser social e compartilhável. Precisa ter um pingo de viralização. O outro ponto é Visual - um apelo visual para que a pessoa se interesse por ele. O SSSV é a tendência e recomendação para quem quer trabalhar com estratégia em vídeo.
×