Com o sucesso dos vídeos na internet, é possível dizer que o video marketing proporciona inúmeras vantagens às empresas de todos os portes e setores. Hoje, o que os usuários buscam na web são soluções para o seu dia a dia e as empresas que conseguem se comunicar com eficiência com esse público saem na frente. Para entender melhor a questão, é essencial levar em consideração que, de forma geral, as pessoas preferem ver vídeos do que ler um texto. É nesse sentido que o video marketing ajuda as empresas: melhorando a comunicação com o público-alvo de forma estratégica.


É muito importante que sua estratégia – seja ela de blog posts, mídias sociais, links patrocinados, etc – continue. Os vídeos são sim a chave para manter e ampliar o engajamento com sua empresa, mas não são a única. Conteúdos mais completos e ricos ainda são melhor apreendidos em blog posts, por exemplo, onde a escaneabilidade dos dados durante a leitura é favorecida.

Antes de começar a editar, também faça uma lauda de edição (minutagem dos vídeos, cortes, efeitos etc.), pois ter esse roteiro de edição é ter um guia que facilita bastante a sua vida no momento de editar. Assim, você não fica sentado na frente do computador sem saber como montar um vídeo e tem mais agilidade no momento de fazer a edição dos vídeos marketing de sua empresa.
As redes sociais ocupam uma grande parcela da internet. Muitos usuários consomem notícias e conteúdos através de posts. Vídeos compartilhados em plataformas como Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube, entre outras, de muito se diferenciam do video marketing. Estamos diante de uma nova era, a era do Social Video Marketing. Vídeos pensados para as redes sociais, seja no seu formato, duração, tema e abordagem, ganham muito mais destaque.
Mas por que vídeos funcionam melhor? Há várias teorias científicas que procuram entender um fato básico e inegável: somos atraídos por material audiovisual, seja na telona, na TV ou na internet. Dr. Susan Weinschenk, Phd, defende que se trata de uma confluência de fatores, como o simples uso da voz, a atenção que temos para coisas em movimento ou a nossa tendência à empatia.
Há alguns elementos primordiais que devem ser observados antes de começar a trabalhar com audiovisual em sua estratégia de conteúdo. O primeiro deles é tempo de duração do material. Produza vídeos de, no máximo, dois minutos. O ideal é um minuto. A Wyzowl afirma que 50% dos consumidores afirmam que um minuto é o tempo que direcionam para assistir a um vídeo de Marketing de Conteúdo. São 33% os que afirmam que direcionam entre um minuto e dois; e 17% os que afirmam que não assistem vídeos que tenham duração de um minuto, pois consideram muito longos. A Wistia, plataforma profissional de hospedagem de vídeos, afirma que não há diferença significativa no envolvimento da audiência em vídeos que vão de 45 segundos a dois minutos.          
La participación de casi 400 profesionales del marketing en la realización de una encuesta online, permitió revelar cómo está evolucionando el content marketing en los países de habla hispana y Brasil. Solo con saber que las empresas han producido 60% más contenido con respecto al año pasado, se confirma la toma de conciencia que han hecho las empresas con respecto a la manera en que se acercan a sus potenciales consumidores.
Mais recentemente o LinkedIn começou a apostar também nesse formato, testando ferramentas para lançar aos usuários. Por enquanto a novidade está restrita apenas para alguns usuários, entre os quais Google, Embraer, BRF, IBM, TOTVS, SAS e LENOVO. "Os vídeos trarão mais relevância à rede, porque é o tipo de conteúdo mais acessível. Ele é mais do que audiovisual, porque não necessariamente precisa de som - uma legenda é suficiente. Em outras redes esse tipo de publicação pode se tornar efêmera, mas neste caso teremos o oposto: algo útil e relevante pro dia a dia dos profissionais", conta Marcos Facó, diretor de Comunicação e Marketing da FGV, em entrevista ao Mundo do Marketing.
Además, muchas empresas no analizan la rentabilidad de sus clientes existentes o la rentabilidad potencial de todo tipo de clientes nuevos. Como resultado, las empresas se tambalean de una base de clientes a otra nueva base de clientes y en el camino ello les supone perder algunos de sus clientes más valiosos. Fleming describe este fenómeno en Evergreen, a través de un paralelismo con los árboles, que pierden sus hojas cada otoño.

Marcos Facó - Cria uma dificuldade para as empresas anunciarem no formato tradicional. O que as empresas devem fazer é utilizar o conteúdo como propaganda. Um tema relevante associado a uma marca. A FGV fala, por exemplo, de Bitcoim e esse tema nos mostra capacitado para abordar essa temática. A Nike tem um case de desafio: preparar os atletas para quebrar a marca de duas horas em uma maratona. Conseguiram fazer com que um atleta fizesse em uma hora e dois minutos, não quebraram a marca, mas geraram buzz e anunciaram o novo tênis - que no caso foi utilizado pelo atleta.
La otra gran verdad que rodea al marketing en este año y los venideros es la capacidad de medir casi todas las etapas de una estrategia, teniendo como tenemos cada vez más a la mano herramientas de análisis que nos lo permiten. El desafío para la empresa aquí ya no está en la propia implantación de esas herramientas, sino en saber qué hacer con esas métricas y cómo aprovechar esos datos para sacarle partido a la información.

Un libro que aborda el Marketing de Relaciones como nuevo paradigma que requiere la utilización de los Medios Sociales para el desarrollo de estrategias y la consecución de objetivos. Recomendada para investigadores y estudiantes, esta obra se inspira una nueva filosofía que radica más perspectiva relacional que transaccional para gestionar las organizaciones empresariales.
Mais recentemente o LinkedIn começou a apostar também nesse formato, testando ferramentas para lançar aos usuários. Por enquanto a novidade está restrita apenas para alguns usuários, entre os quais Google, Embraer, BRF, IBM, TOTVS, SAS e LENOVO. "Os vídeos trarão mais relevância à rede, porque é o tipo de conteúdo mais acessível. Ele é mais do que audiovisual, porque não necessariamente precisa de som - uma legenda é suficiente. Em outras redes esse tipo de publicação pode se tornar efêmera, mas neste caso teremos o oposto: algo útil e relevante pro dia a dia dos profissionais", conta Marcos Facó, diretor de Comunicação e Marketing da FGV, em entrevista ao Mundo do Marketing.
Los libros seleccionados son libros de reciente publicación . Hemos intentando también que traten diferentes temas enmarcados en el amplio campo del marketing digital. Os dejamos la relación de libros seleccionados y un sorteo muy especial que seguro que a más de uno os va a interesar y que organizamos gracias a la disposición para colaborar de los autores de estas 10 publicaciones. Vaya por delante nuestro agradecimiento a todos ellos.

O marketing digital oferece ferramentas, baseadas em tecnologia, para fazer com que as empresas e prestadores de serviço consigam divulgar seus produtos, se tornarem mais relevantes e, claro, vender muito mais. Mas como o marketing digital já está ficando cada vez mais consolidado e, por outro lado, as mudanças digitais não param, até mesmo as agências especializadas precisam saber como inovar nos serviços de marketing digital para não ficarem para trás e perderem clientes. Cada vez mais é importante oferecer mais valor nos serviços de marketing para, não só atrair novos clientes, mas reter aqueles que sua agência já tem.


Os vídeos podem ser disponibilizados dentro de uma landing page. Dessa forma sua empresa conseguirá captar leads mais qualificados e obter maiores informações sobre aquele leitor. Com o contato desse usuário é possível trabalhar com e-mail marketing e qualificá-lo para que ele peça contato da sua empresa ou chegue em uma parte do fluxo de nutrição que faça sentido que a sua equipe comercial o aborde.
Para montar uma campanha de sucesso para a sua empresa, é essencial ser criativo e investir em ferramentas eficientes para atingir o público alvo. Nesse sentido, o vídeo marketing é a estratégia que tem oferecido os melhores resultados às empresas e instituições, pois, quando o material é bem feito, facilmente a empresa consegue passar a mensagem que deseja ao seu público. Portanto, você deve divulgar a sua empresa no YouTube, sobretudo, porque a plataforma de vídeos é a mais popular da atualidade e oferece tudo o que o seu negócio precisa para alcançar os clientes na internet.
Buffer: esta aplicación para compartir y programar publicaciones en redes sociales ha hecho un gran uso de su blog con el mismo objetivo: captar clientes que utilicen su aplicación. Artículos muy elaborados que se consideran auténticas biblias en el mundo del social media y que se comparten miles de veces en redes sociales. Te recomiendo suscribirte a su blog porque es una de mis fuentes favoritas.

Tras los pasos de Tom Peters  y bajo  la idea de que cada persona es única, Xavi Roca ahonda en el concepto de marca personal y acompaña al lector en el camino de la construcción de su propia marca personal. Un camino que va desde el autoanálisis o el autoconocimiento hasta su validación en el mercado, sosteniéndose en el pilar de una estrategia bien diseñada.

Además, muchas empresas no analizan la rentabilidad de sus clientes existentes o la rentabilidad potencial de todo tipo de clientes nuevos. Como resultado, las empresas se tambalean de una base de clientes a otra nueva base de clientes y en el camino ello les supone perder algunos de sus clientes más valiosos. Fleming describe este fenómeno en Evergreen, a través de un paralelismo con los árboles, que pierden sus hojas cada otoño.

×